Publicado em Sem categoria

Rosas

E ele foi embora, porque não tinha mais motivo para ficar. Você percebeu que ela está triste e está passando por maus bocados. Vou alegra-la de uma forma simples que já vi outrora o meu pai fazer para alguém quem ele amava muito. Ele sempre dizia “filho, no dia que você perceber uma mulher triste, lhe de flores, lhe de rosas, provavelmente ela nem vá se importar com as rosas, vai que ela ame tulipas, meu filho, o que mais importa é o gesto, compre as rosas e entregue a ela, e vai melhorar por que uma boa ação gera outra”. O que fiz foi ligar para a floricultura mais próxima e encomendar um bouquet. Pronto.

Mandei msg para ela, perguntando como se sentia e que tinha pensando em encontrar-lá em uma cafeteria próxima, ela confirmou que estava muito mal mesmo se sentindo não amada, e que seria uma boa ideia. Tinha feito a escolha certa. Perto da hora de pegar as rosas me direciono para a cafeteria, dou uma olhada em meu celular e percebo que a foto dela não se encontra, que não existe mais usuário, fiquei sem entender uns minutos mas quando viro a esquina me deparo com ela, em sua felicidade nas mãos de outro. Talvez esse amor não seja pra mim. #historia #rosas #contos #escrita

Publicado em Sem categoria

Sonho

Eu sonhei com você e você estava linda como antigamente, cada traço teu era idêntico ao que vivenciei naquela nossa época. No sonho éramos amigos, compartilhamos olhares e piadas internas, lá descobríamos no mesmo instante que estávamos bem.

Você me disse – lembra dessa árvore- e eu disse – sim, temos uma foto com ela – você disse é, e me casei nela – eu disse, casou? … que lugar lindo, ótima escolha para casar. Nós nos tocamos, e o peito relaxou, outra vez o sorriso e o olhar… acordei do sonho.

 

Publicado em Sem categoria

A vida é um sopro

O titulo já diz muita coisa, a vida é um sopro, você nunca vai saber quando irá chegar a sua hora mas isso não pode definir você e moldar seu modo de viver. Temos que agir de acordo onde possamos maximizar esse pouco tempo que temo, abraçando a família, indo a festas, mesmo que elas sejam problemáticas, altamente críticas e etc. Contudo você percebe que eles te amam e o sentimento vai além do imaginável. Querem fazer o melhor, porem por falta de tato,  acabam não te ajudando e por fim fica aquele sabor amargo na boca do estomago.

Li em um livro que momentos difíceis nos fortalecem. Família é família, e amigos fazem parte da nossa família.

Hoje estou com o pensamento diferente e um pouco melhor. Porque é tão difícil nos desfazermos dos nossos hábitos ruins, e quando eles se tornaram nossos hábitos? quando isso começou a ser o “certo” para a gente? Não sei responder essas questões mas sei que se você é capaz de responde-las. Existe um livro que diz o seguinte “demora quatorze (14) dias para você de adaptar a um habito” ex: se você quer ter o habito de ler e tem enorme dificuldade, faça o seguinte reserve um tempo para ler o force a ficar aqueles quinze (15) minutos em sua leitura e no dia seguinte faça o mesmo até completar os quatorze (14) dias, você vera algum resultado.

Sem que notássemos o mal que nós fazemos, é o mesmo que nos condena.

Ps: Livro O poder do habito.

Publicado em Sem categoria

Livro

O meu dia começou corrido. Levantei atrasado e no caminho tenho que passar em uma loja onde quero comprar um livro, que finalmente consegui juntar a grana. Talvez seja mais fácil achar num sebo, na verdade vou na hora do almoço, faço o intervalo em 15 minutos e fico com mais tempo para aproveitar outros títulos.

Tom não contava com a maior habilidade dele que era de se atrasar.

Ah! droga, vou me atrasar de novo e ainda tenho que fazer o relatório deste medicamento. vou acabar indo em uma livraria mesmo.

Ele pegou o  trem e chegou na livraria, só não contava com a fila enorme e poucos atendentes. 

  • Oi, tudo bem? meu nome é Tom, onde fica o corredor sete?
  • Olá, Tudo bem senhor, a sua direita no final vira a esquerda.
  • Obrigado, Brenda.

 

Corre, será que consigo achar? – falando comigo mesmo – Nossa que menina linda, justamente ela está tirando foto próxima ao livro que procuro, deve ser alguma blogueira. Bom pelo menos o livro está ali, logo vai ser meu.  

  • Oi, Você me poderia dar licença? Ei, Oi? 
  • AH, oi, Desculpa.
  • Então, posso ver essa prateleira que está atrás de você?
  • Você trabalha aqui? 
  • Não não, só queria um livro que me falaram que estava nessa corredor.
  • Qual livr..?

Antes terminasse a pergunta, uma senhora entrou no corredor sete e foi na direção certeira, não onde estava o tom e nem onde estava a garota desconhecida e sem cerimônias pegou um livro e pelos olhos arregalados de Tom, era o que ele queria.

  • Não! não! não!
  • O que foi meu filho? 
  • Eu tava procurando esse livro, não sabe o quanto to querendo ele. 
  • imagino, meu filho também, não para de falar nele. 
  • Senhora, por favor, tive um dia tão corrido hoje e deixa eu levar esse?
  • mas e se for o último, meu filho vai ficar sem! não posso fazer isso.
  • pago o dobro pra senhora hein
  • Não e já disse não! Me dê licença por favor, sim.

Tom foi se sentar em algum banco longe da livraria, lá ficou horas pensando? 

  • O que faço agora? sem livro, nem almocei direito, O que faço?

Neste mesmo instante uma garota se aproxima dele 

  • Oi, estranho da livraria, tudo bem? 
  • Oi, não muito? 
  • Ela não quis te vender o livro mesmo né? 
  • como você sabe disso? 
  • Eu estava do seu lado, como você esqueceu disso ? 
  • Desculpa, eu tava querendo tanto aquele livro que nem prestei a atenção.
  • Posso saber o seu  nome? 
  • Sim, Clarissa. 
  • Meu nome é Tomás mas todo mundo me chama de Tom.
  • Muito prazer, Tom. 
  • Você aceita tomar um café comigo, Clarissa? 
  • Sim, mas não posso demorar muito, moro longe daqui. Demorei por que quis te entregar isso.

 

Sem acreditar tom abre e logo olha o que tem dentro e fica sem reação.

 

  • mas? que? como? 
  • Não foi nada, você não queria tanto o livro?
  • Sim, mas … 
  • Quanto te devo? 
  • Nada demais, um café está bom. 

 

Neste momento Tom não se importará mais com o livro.

Publicado em Sem categoria

Quero…

Quero que você seja meu amor de verão, de primavera, de outono e inverno.

Quero que você seja meu amor de carnaval, páscoa e natal.

Quero ser clichê, brega e espontaneidade.

Você entendeu, quero ser tudo que podemos ser, juntos, eu e você.

Publicado em Sem categoria

Hora

Meu amor não me venha em uma hora marcada, se revele para mim quando estiver distraído.

Você seria a melhor companhia para uma madrugada, conversaríamos sobre tudo, dia noite até você virar minha namorada. Porque sozinho meu amor, fico aflito e parece que não sou nada. Você sempre foi minha melhor escolha e minha melhor morada. Penso em você em dias sem sentido, aqueles dias que não compreendo a minha jornada, pois meu amor me reconheça.

Me entenda amor, somente em meus sonhos contigo eu pude estar, nele tivemos um olhar. A partir de agora vou esperar você chegar.

Publicado em Sem categoria

Pensamentos flutuantes dois

… imagine uma placa tão opaca que você possa desenhar qualquer coisa …

e digo qualquer coisa mesmo. Agora imagine essa placa sendo uma pessoa na qual você possa pintar o quadro que quiser, todas as suas frustrações e realizações. Me diz o que resta … nada e nada, a pessoa em si não terá nada dela para poder passar a diante, tudo nela sera compartilhado sem assimilação, simplesmente por que a origem não soube se doar nem se dar, e não se doando se gerou uma reação continua de realizações improdutivas, uma montagem de ser, não um padrão mas uma montagem diferenciada que tem seu lado positivo mas não seu lado livre.

O quê se esperar disso .. talvez fatalidades.

Continua…

Publicado em Sem categoria

Pensamentos flutuantes um

Por mais que tentamos falhamos, o por que disso eu não sei e muita gente não sabe, o que fazemos de errado ou o que não enxergamos. São conclusões que chegamos quando algo já deu errado, queria poder ser precavido em relação a isso ou pelo menos achar uma lista na internet de como evitar certas situações.

Hoje li uma frase que dizia que “o problema está em outro por mais que você tente esclarece-lo sobre suas aflições”, mas se você não conseguir ajudar o problema, esse problema não seria seu também pois falta didática em você, em não conseguir alcançar a atenção real o outro. Somos seres que não aprendemos da mesma forma mas conseguimos gerar ou construir algo em grupo, onde fica o aprendizado ai, a repetição leva a perfeição mas você tiraria uma variável dessa equação que seria o inesperado, tirando o inesperado você não evolui mas fica excelente em repetir.

 

Continua …

Publicado em ooo, Sem categoria

Aquele olhar

Aquele olhar era desconhecido, eu o vira quando era mais novo e só mas tarde fui reconhece-lo em outra pessoa, e sim, foi uma das paixonites que tive nos bons tempos da  minha idade, se torna mais interessante  e imensamente louco quando eu o reconheci em outros lugares, em outras formas, e em suas extensões. Aquele olhar era de admiração pura, aquele olhar de quando você encontra sua outra metade e era aquele olhar de amor quando você vê seu reflexo nos olhos e alma da outra pessoa, e era de tentação também por motivos óbvios.

Aquele olhar era o que me fazia levantar toda manhã para me preencher um pouco dele e continuar a viver, pois eu sei que me faltava, ou se eu o tivesse não era o bastante para senti-lo comigo vinte e quatro horas por dia, até que um dia eu notei que tenho uma metade para poder preencher com a outra metade e não uma metade qualquer e sim aquela que nos completa, aquela que vem junto com um olhar, com aquele olhar.

macro photography of eye
Foto por Josiel Miranda em Pexels.com

Continuar lendo “Aquele olhar”

Publicado em Sem categoria

Gratidão

Ultimamente tenho tido tempo pra agradecer as coisas que vem acontecendo na minha vida com família e amigos. Nunca tive tão próximo a eles como antes. A distancia é boa para nutrir uma saudade carinhosa e também o espaço é bom pra pensar em certas atitudes que tomamos. Já lhe digo que aqui não é um mar de rosas, cada um com a sua opinião, porem há respeito sobre tudo, o que nos seriamos se não houvesse o respeito. tem fofoca de família, de beltrano com ciclano. tem de quase tudo e o mais importante que tem é o reconhecimento da necessidade que tenho deles na minha vida

GRATIDÃO É QUANDO A ALMA DIZ OBRIGADO.tumblr_nkge85kc391u1xu32o1_500