Publicado em Sem categoria

Pensamentos flutuantes dois

… imagine uma placa tão opaca que você possa desenhar qualquer coisa …

e digo qualquer coisa mesmo. Agora imagine essa placa sendo uma pessoa na qual você possa pintar o quadro que quiser, todas as suas frustrações e realizações. Me diz o que resta … nada e nada, a pessoa em si não terá nada dela para poder passar a diante, tudo nela sera compartilhado sem assimilação, simplesmente por que a origem não soube se doar nem se dar, e não se doando se gerou uma reação continua de realizações improdutivas, uma montagem de ser, não um padrão mas uma montagem diferenciada que tem seu lado positivo mas não seu lado livre.

O quê se esperar disso .. talvez fatalidades.

Continua…

Autor:

Químico, sonhador, cinéfilo, vascaíno, contista e a única maratona que fiz, foi de serie. Divirtam-se.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s